Click na imagem

domingo, 18 de março de 2018

Luís Mendonça (Aviludo-Louletano-Uli) conquistou a 36.ª Volta ao Alentejo Crédito Agrícola

Luís Mendonça (Aviludo-Louletano-Uli) conquistou a 36.ª Volta ao Alentejo Crédito Agrícola, resistindo à última etapa, uma ligação de 151,3 quilómetros, entre Castelo de Vide e Évora, ganha por Gabriel Cullaigh (Team Wiggins).

O centro histórico de Évora assistiu a uma chegada ao sprint e o vencedor foi o mesmo da tirada inaugural. Gabriel Cullaigh impôs-se a todo o pelotão, ao cabo de 3h30m40s de corrida. Seguiram-se, com o mesmo tempo e por esta ordem, Yannis Yssaad (Caja Rural-Seguros RGA) e Jon Aberasturi (Euskadi Basque Country-Murias).
Luís Mendonça foi o sétimo classificado na etapa, resultado suficiente para conquistar a Volta ao Alentejo. Ricardo Mestre foi o segundo classificado, a 8 segundos, e Mark Downey (Team Wiggins) fechou o pódio, a 13 segundos.
A última etapa começou muito veloz – 47,4 km/h na primeira hora -, pontuada por várias escaramuças. Das movimentações iniciais resultou, com pouco menos de 60 quilómetros percorridos, uma fuga de cinco homens: Álvaro Trueba e Alejandro Marque (Sporting-Tavira), Henrique Casimiro (Efapel), Luís Gomes (Rádio Popular-Boavista) e Txomin Juairsti (Fundación Euskadi).
O pelotão, comandado pelo Aviludo-Louletano-Uli, manteve os fugitivos a uma controlada distância de cerca de dois minutos. A 45 quilómetros da chegada, Alejandro Marque tentou a sorte em solitário, abandonando os restantes fugitivos. O grupo foi absorvido e Marque não teve sorte diferente, sendo alcançado a 12 quilómetros da meta, criando-se condições para a discussão ao sprint que viria a acontecer.
A etapa deste domingo nada mudou. Se no topo da geral tudo ficou na mesma, igual se manteve nas restantes classificações. A W52-FC Porto ganhou por equipas, Dmitrii Strakhov (Lokosphinx) venceu por pontos, Alexander Evtushenko (Lokosphinx) foi o melhor trepador e Mark Downey conquistou a classificação da juventude. (Fonte e foto – FPC)
Geral Individual - 1.º Luís Mendonça (Aviludo-Louletano-Uli), 18h25m49s , 2.º Ricardo Mestre (W52-FC Porto), a 8s , 3.º Mark Downey (Team Wiggins), a 13s , 4.º Mauricio Moreira (Caja Rural-Seguros RGA), a 16s , 5.º Dimitri Peyskens (WB Aqua Protect Veranclassic), a 26s , 6.º Mark Donovan (Team Wiggins), a 30s , 7.º Fernando Barcelo (Euskadi Basque Country-Murias), a 38s , 8.º Justin Jules (WB Aqua Protect Veranclassic), a 1m57s , 9.º Óscar Hernández (Aviludo-Louletano-Uli), a 2m18s  e 10.º Nicola Toffali (Sporting-Tavira), a 2m40s.

0 comentários: