terça-feira, 23 de maio de 2017

Reunião de Câmara - PSD “chumba proposta” do PS para a celebração de contratos de delegação de competências para as Juntas

A primeira parte da ordem dos trabalhos até decorria de forma tranquila mas, com o surgir da proposta apresentada pelos vereadores socialista (Gil Romão ausente), as coisas tomaram outro rumo. A proposta apresentada pelo PS vai no sentido da celebração de Contratos Interadministrativos de Delegação de competências entre a Câmara Municipal e as Juntas de Freguesia, sobretudo Esperança e Mosteiros. O vereador Carlos Rodrigues e candidato pelo PS à Câmara Municipal de Arronches defendeu que a lei de 2013 permite aos Municípios essa delegação de competências, “para melhor servir as populações em equipamentos e na coesão social”. Afirmou mesmo que a Presidente prefere que os Presidentes de Junta “vão ao beija mão” pedir-lhe à Câmara essas ajudas para suprimir carências dos seus fregueses.
Tanto a Presidente como os vereadores João Crespo e José Bigares, disseram estar de acordo com o espírito da proposta, só que não concordavam com o timing, posto que estamos a pouco mais de três meses de eleições, que a proposta tem que passar pela Assembleia Municipal e Assembleias de Freguesia, e que essa deve ser uma opção do executivo que for eleito.
Fermelinda Carvalho recordou mesmo ao vereador do PS que estranha que a lei que é de 2013, só agora o PS a venha propor. Disse até compreender que o vereador “ou anda distraído, ou é por motivos eleitorais”.
Na troca de “mimos” no final da reunião e no período já aberto ao público, o vocabulário usado até já nem foi o usual. Foi muito mais veemente ao entrar nas competências entre os dois candidatos às próximas eleições.
(Ler mais na edição em papel de Maio do Noticias de Arronches)

0 comentários: