sexta-feira, 19 de maio de 2017

DESPORTO - Eleições na Associação de Futebol de Portalegre e "alteração de estatutos" provoca polémica entre candidatos

A lista sob o lema “OS CLUBES PRIMEIRO! TODOS DIFERENTES, TODOS IGUAIS!” candidata às eleições da Associação de Futebol de Portalegre, após tomar conhecimento pelas redes sociais, designadamente na página oficial Facebook da AF Portalegre, que o Presidente da Direcção, numa reunião de esclarecimento realizada quarta-feira em Elvas, afirmou que independentemente da aprovação estatutária o número de clube que terão direito a voto nas próximas eleições são 25, cumpre-nos esclarecer o seguinte:
1 – Nos termos do nº 2 do artigo 4º dos Estatutos da AF Portalegre, “São Sócios Efectivos, os Clubes legalmente constituídos e filiados na AF Portalegre que pratiquem o futebol em qualquer das suas especialidades e tenham sede e utilizem campo na área da sua jurisdição”;
2 – Ainda, em conformidade com a alínea f) do nº 1 do artigo 5º dos Estatutos, constitui um direito dos Sócios Efectivos, “Eleger e destituir os titulares dos Órgãos da AF Portalegre, nos termos do presente Estatuto”;
3 – Na presente época desportiva 28 clubes pagaram a taxa de filiação, estando 25 clubes a participar nas provas oficiais organizadas pela AF Portalegre, sendo de realçar que este é um dever dos Sócios Efectivos, conforme o disposto na alínea d) do nº 1 do artigo 6º;
4 – Não podemos confundir “dever com obrigação”, pois embora sejam sinónimos, tanto um quanto o outro são “regras impostas”, o “dever” é uma regra imposta pela razão e pela consciência, enquanto a “obrigação” é uma regra imposta pela lei, com as competentes punições;
5 – Estaremos perante um atropelo à democracia, caso a Mesa da Assembleia Geral, impeça estes 3 Sócios Efectivos de votarem, uma vez que se encontram no gozo dos seus direitos, ou seja, em participarem no próximo acto eleitoral;
Com o intuito de haver transparência em todos o processo eleitoral, incitamos a Mesa da Assembleia Geral a efectuar um esclarecimento sobre o assunto na próxima Assembleia Geral. (Daniel Pina-foto DR)

0 comentários: