terça-feira, 7 de junho de 2016

Rir é o melhor remédio...com Manuel Luís Goucha em Monforte

“Há muito tempo que não me ria tanto!”, “Muito simpático! É tal e qual como o vemos na televisão” ou “Que tarde bem passada!”, foram expressões que se ouviram repetidamente à saída da Sala Polivalente da Biblioteca Municipal, em Monforte, onde, durante a tarde do dia 27 de maio, decorreu mais uma iniciativa “À conversa com…”, que a Universidade Sénior desse Município tem vindo a promover, trazendo a Monforte figuras públicas famosas e muito acarinhadas pela generalidade dos portugueses.
Desta vez, o lugar reservado aos convidados foi ocupado por Manuel Luís Goucha e, para além do agradável encontro que se proporcionou, a ocasião serviu, ainda, para que, em nome da população monfortense, o Presidente da Câmara Municipal, Gonçalo Lagem, acompanhado pela Vereadora do seu Executivo, Mariana Mota, lhe desse as boas-vindas, porque o célebre apresentador da TVI adquiriu uma propriedade rústica nesse Concelho, a qual, desde maio, começou a usar regularmente como segundo lar.
Refira-se que, logo que recebeu o convite, Manuel Luís Goucha partilhou na sua página do facebook a seguinte mensagem: “Há convites que não se recusam, mesmo estando de férias. Esta é a minha oportunidade de responder a todas as questões que me queiram colocar e de estar com os Monfortenses, agora que o seu concelho também é meu chão!” e, após o encontro, voltou a fazê-lo com estas palavras (mantemos a ortografia antiga usada): “Foi uma tarde de afectos com Gonçalo Lagem (o presidente da autarquia) e quantos usufruem das actividades da dinâmica Universidade Sénior de Monforte. Aceitei o convite para estar à conversa, como oportunidade para saudar e agradecer a simpatia com que fui recebido nesta terra alentejana onde a partir de agora também tenho um pedacinho. Tudo farei para honrar tamanha distinção. Obrigado a todos.”
Gonçalo Lagem afirmou que sente “uma enorme honra pela preferência que Manuel Luís Goucha teve por Monforte e, portanto, a sua presença junto de nós e o convívio que certamente irá manter connosco, constituem motivos que muito deverão orgulhar-nos, pois esta sua ligação à nossa terra é, de facto, um privilégio que teremos que saber retribuir mas também aproveitar. Queremos, pois, acolher o Manuel Luís e o Rui de braços abertos e tudo faremos, que seja preciso e esteja ao nosso alcance, para que se sintam felizes nesta sua nova casa”.
Quanto às razões que levaram o mais recente “monfortense” a fixar a sua segunda morada no campo, Manuel Luís Goucha explicou que “como sabem, eu sou lisboeta, mas aos 3 anos fui viver para Coimbra de onde saí aos 17 anos para ir à minha vida, regressando, então, a Lisboa. No entanto, sempre sonhei ter um refúgio, longe da confusão urbana, onde pudesse descansar e finalmente cumpri esse grande sonho… tenho um pedacinho de chão alentejano”.
Relativamente à forma como se desenrolou esta “À conversa com…” Manuel Luís Goucha, parece-nos que não é necessário descrever pormenores, mas, sabendo-se que as gargalhadas foram constantes, depreende-se que, de acordo com os objectivos destas iniciativas, o encontro superou todas as expetativas e será relembrado durante muito tempo pelos alunos, professores e demais participantes que encheram completamente a Sala onde tiveram esta primeira oportunidade para privar com o divertido comunicador que há 25 anos entra pela casa de muitos dos que estavam presentes…




0 comentários: