sábado, 17 de dezembro de 2016

Campeonato Distrital Séniores 12ª Jornada - Sport Arronches e Benfica 0 – Montargilense 6

O Sport Arronches e Benfica-SAB, recebeu no Estádio Municipal “Francisco Palmeiro" o Montargilense para a disputar a 12ª Jornada do Campeonato Distrital Seniores, que contou com a presença do Presidente da Associação de Futebol de Portalegre, Nuno Silva.



O jogo começou 15 minutos depois das 15 horas, pela chegada mais tardia da equipa de Montargil, apresentando esta ao árbitro Luís Tavares como motivo, o atraso dos seus jogadores vindos de Lisboa que estiveram retidos num acidente.
O jogo que teve a supremacia do Montargilense e expressada no avultado resultado, podia ter outro resultado menos deslivelado, pois o SAB bateu-se com muito empenho. Colocou um homem mais avançado entre os centrais do Montargilense, para os reter. Desfrutou nos primeiros minutos do jogo de uma oportunidade de inaugurar o marcador, quando Pitico apareceu na área para fazer golo, mas a que o guarda redes Barata se opôs com decisão.
Aos poucos o Montargilense foi tomando a supremacia do jogo, com um futebol apoiado e transições rápidas, chegando à área do SAB sempre com grande perigo.
O guarda redes do SAB, Gonçalo Palmeiro, mais um vez esteve em grande plano ao impedir dois golos. Um na defesa apertada junto ao seu poste direito e outro saindo de entre os postes aos pés do avançado do Montargil. Como no melhor pano cai a “nódoa”, Gonçalo acabaria por ser expulso na segunda parte, ao ver o cartão vermelho por derrubar o avançado contrário que caminhava para concretizar mais uma jogada.
Nesta equipa do Sport Arronches há qualidade em jogadores como Pitico, Rafa, ou Bruno Bruno, entre outros, faltando-lhe maturidade e jogar mais para o colectivo.
O Montargilense equipa mais adulta e com jogadores experientes, chegou a este dilatado resultado com mais facilidade na segunda parte. À saída para o intervalo o resultado estava apenas no 0-2 com golos do nº
 13  e Odair ao minuto 20.
Na segunda parte o resultado foi sendo construído com Odair a voltar a marcar aos 5´e 37´ (penalidade). Mika marcou aos 34´e Catraio já no período de compensação aos 47´.
O árbitro monfortense Luís Tavares, não teve qualquer influência no resultado e o seu trabalho tecnicamente não teve grandes falhas, mostrando poucas cartolinas e a contestação da penalidade.  (F.N.Marques-Fotos-N.A.)















0 comentários: