sexta-feira, 9 de junho de 2017

Encerramento do ano lectivo da Academia Sénior de Arronches

Realizou-se hoje à tarde, a cerimónia de encerramento do ano lectivo da Academia Sénior de Arronches. Esta academia é um projecto criado pelo actual executivo e que tem visto crescer de ano para ano o número de alunos.



A coordenadora da Academia Sénior de Arronches, Maria João Corvelo, agradeceu a presença da Universidade Sénior de Monforte que, nas palavras da Presidente Fermelinda Carvalho “foi a fonte inspiradora do projecto em Arronches”.
A coordenadora agradeceu também a presença dos utentes das IPSSs do Concelho que se encontravam presentes no Auditório do Centro Cultural, o incomensurável serviço prestado pelos dinamizadores, todos os agentes institucionais ou particulares que, de alguma forma, têm contribuído para o êxito deste projecto. Também os alunos não podiam deixar de ser lembrados, pois sem os quais, esta academia não tinha razão de existir. Embora este seja um projecto do Município, Maria João Corvelo não quis deixar de mencionar todo o apoio por parte do mesmo nas pessoas da Presidente, Vice-presidente e vereador do pelouro da cultura.
Seguiu-se no palco do auditório, onde aliás se realizou todo o evento alusivo ao encerramento do ano lectivo, uma representação num misto de cantares e figuração, cujo tema “Vamos lá saindo” os autores, Miguel Casaca e Dulce Bigares se inspiraram para contar a história das gentes desta Vila nos anos 60/70 do século passando.
Foi uma viagem à vida das gentes não só deste concelho, como de todo o interior de Portugal. O trabalho duro e mal remunerado do nascer ao pôr-do-sol, nas diversas actividades ligadas ao latifúndio num concelho essencialmente agrícola.
Nessa viagem pelas variadas actividades como tratar a terra para as sementeiras, apanha da azeitona, ceifa, matança do porco, a lavagem das tripas para os enchidos que depois iam para o fumeiro e que eram o sustento para grande parte do ano ou, a lavagem das roupas na ribeira, foram sempre acompanhados pelos cantares evocativos dessas actividades laborais.
Mas como dizia o texto que fazia a introdução a cada um dos temas, estava criado com tantas dificuldades, o clima para que estas gentes fossem tristes. Mas não! Havia sempre tempo para a diversão na Feira de Maio, no Cortejo de Oferendas da Santa Casa, ou bailaricos e casamentos.
Todas as intervenções foram sempre muita aplaudidas pelo público na sala e reconhecido o seu trabalho e dedicação a esta Academia que finalizou com a entrega dos diplomas aos alunos (todos passaram nas várias disciplinas) pelos elementos do executivo presentes e dinamizadores. No final escutaram-se as palavras da Presidente da Câmara Municipal de Arronches que, reconheceu que este projecto é hoje uma mais-valia para a sociedade arronchense e que se reflecte na disponibilidade dos dinamizadores e empenho dos alunos, desejando a todos boas férias e esperando por eles no regresso em Setembro.















0 comentários: