NOTÍCIAS DE ARRONCHES - A informação ao seu alcance

NOTÍCIAS DE ARRONCHES - A informação ao seu alcance

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Rafa o jovem jogador da Academia de Futebol de Arronches, volta a treinar no Sporting

O jovem jogador dos Infantis da Academia de Futebol de Arronches/Atlético, Rafael Carvalho, foi hoje chamado a um treino com a equipa dos Infantis do Sporting Clube de Portugal. Este é um bom sinal, pois já não é um treino de simples observação, dado que não é a primeira vez que Rafa é chamado pelo clube do leão.
O treino teve lugar no Estádio Universitário em Lisboa, onde a equipa leonina treina habitualmente.

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Academia Sénior de Arronches arranca em Fevereiro

O QUE É A ACADEMIA SÉNIOR DE ARRONCHES?
A Academia Sénior de Arronches é uma resposta social que visa promover o ensino não formal através da actualização de conhecimentos sobre diferentes matérias num contexto de formação ao longo da vida, bem como através da organização de actividades de cariz cultural, desportivo e recreativo.

OBJECTIVOS DA ACADEMIA SÉNIOR DE ARRONCHES
Promover a realização de cursos de formação e actualização de conhecimentos nas áreas da história, ciências, artes e outras áreas de conhecimento, assim como proporcionar actividades de carácter socioculturais e recreativas. Constituir um pólo de informação de e divulgação de serviços, recursos, direitos e deveres dos munícipes sénior.
Promover o envelhecimento activo e saudável dos mais idosos aumentando a sua qualidade de vida. Fortalecer e desenvolver as relações interpessoais e sociais entre as diferentes gerações.
Fomentar o voluntariado social. Trabalhar em articulação com instituições públicas e particulares.
DESTINATÁRIOS
A ASA destina-se a adultos com idade igual ou superior a 50 anos, independentemente do seu nível de escolaridade.
FUNCIONAMENTO
O funcionamento da ASA será entre os meses de Setembro a Junho de cada ano sendo os dias de abertura e encerramento das actividades definidos no início de cada ano escolar. No ano da sua abertura, a ASA terá o seu funcionamento entre os meses de Janeiro a Junho.
Condições de Admissão 
Idade igual ou superior a 50 anos; Ser detentor de robustez física e psíquica adequada às actividades a desenvolver; Aceitar e respeitar as normas de funcionamento da ASA; Ter vontade e gosto por aprender e partilhar conhecimentos; Fazer a inscrição através do preenchimento da respectiva ficha de candidatura, apresentando cópia do bilhete de identidade/ cartão do cidadão e duas fotografias recentes tipo “passe”.
Condições de Frequência 
Os alunos pagarão uma propina trimestral, por cada disciplina que frequentem, cujo valor será fixado pela Câmara Municipal no início de cada ano lectivo, sob proposta da coordenação da ASA. A propina será paga no início de cada trimestre. O não cumprimento do estabelecido no número anterior, por período superior a um trimestre, determinará a suspensão da frequência do aluno até à regularização do pagamento.
Em caso de suspensão nos termos do número anterior, a readmissão do aluno carece de análise pelo coordenador da ASA. Todos os alunos que frequentem as aulas da ASA estão cobertos por seguro de acidentes pessoais suportado, na sua totalidade, pelo Município.
As normas de funcionamento da ASA deverão ser do conhecimento dos alunos, bem como o seu integral cumprimento. Os alunos deverão participar nas aulas e actividades promovidas pela ASA em que se tenham previamente inscrito.
ACTIVIDADES A DESENVOLVER
As actividades teóricas e práticas a desenvolver na ASA podem abranger as seguintes temáticas, entre outras: Património e História local; Cidadania; Informática; Música; Teatro; Alfabetização e Língua Portuguesa; Artes Plásticas; Ginástica; Hidroginástica.
Do programa de actividades poderão ainda constar: Actividades que fomentem o convívio entre alunos e pessoas de diferentes gerações, facilitando a partilha de conhecimentos e saberes; Passeios, visitas de estudo e contacto com diferentes ofertas culturais; Actividades de promoção de hábitos de vida saudáveis e promoção da saúde; Divulgação de informação e serviços destinados a seniores; entre outras.
A ASA terá interrupções no Natal, Carnaval e Páscoa. As actividades decorrem de segunda a sexta-feira, entre as 14:00 e as 17:00, salvo aquelas que decorram de visitas socioculturais e recreativas, bem assim como actividades desportivas a definir com os alunos participantes.
As actividades da ASA não se resumem apenas a aulas teóricas e práticas sendo promovidas visitas de estudo, passeios culturais, colóquios e conferências, entre outros que poderão ter lugar em qualquer dia da semana, sempre de acordo com a disponibilidade dos participantes.

As inscrições estão abertas até 22 de janeiro de 2015. Para mais esclarecimentos consulte o Gabinete de Acção Social da Câmara Municipal através do telef. 245 580 080

Junta de Freguesia de Assunção entrega Cabazes de Natal

A Junta de Freguesia de Assunção na sede do concelho de Arronches, começa a entregar amanhã pela manhã, o habitual Cabaz de Natal que se destina à população mais desfavorecida.
Em declarações ao Notícias de Arronches, o Presidente da Junta, José Louro, disse-nos que “este ano atingimos o número máximo de Cabazes de Natal entregues até à data. São 170 cabazes que contêm 22 produtos não só de primeira necessidade, como também uma especial atenção a esta quadra de Natal”. Referiu ainda José Louro que “os produtos foram todos adquiridos nos estabelecimentos locais e o seu valor global foi de 10.000,00 euros”.
O autarca evidenciou ainda a dedicação dos funcionários da Junta, que foram inexcedíveis no trabalho da composição destes 170 Cabazes de Natal.





Nome de Arronches e logotipo do Município passam a figurar em camião de cavalos de desporto

A Câmara Municipal de Arronches patrocinou a impressão do autocolante de identificação da Coudelaria do Carrefe e da Vila de Arronches, no camião e no reboque de transporte de cavalos da coudelaria. Podendo assim divulgar e dar a conhecer o seu conselho e os produtos de qualidade que aqui se desenvolvem.
Depois de 2 meses a desfrutar do “descanso da guerreira”, Amour Int volta a brilhar no pódio de Badajoz, no concurso de obstáculos, C.S.T. Indor C.E. la Cañada. Ficando classificada em 1º lugar no passado dia trinta de Novembro. Esta égua, de 9 anos, tem dado que falar nas terras ando-lusas e agora ainda mais pois leva o nome de Arronches pelos 4 cantos do mundo.

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Clube Columbófilo Arronchense entrega prémios em Jantar de Natal

Também o Clube Columbófilo Arronchense reuniu associados, familiares, directores e convidados para num almoço festejarem esta quadra natalícia e fazerem a entrega dos prémios respeitantes à temporada columbófila.
O almoço foi servido pelo restaurante “O Caeiro”, cujo proprietário é um dos mais distinguidos columbófilos deste clube. Marcaram presença neste almoço vários autarcas que por ali passaram para levar uma palavra de apoio e admiração por estes desportistas, de uma modalidade com fortes tradições em Arronches.





Escola de Música de Arronches realizou o habitual espectáculo de Natal

A Escola de Música de Arronches realizou como habitualmente o seu espectáculo de Natal no auditório do Centro Cultural de Arronches. Quando se abriu o pano para início do espectáculo a surpresa foi geral. Uma encenação que deixou surpresos os espectadores que enchiam o auditório com uma interactividade entre a imagem, o som e as personagens em palco. Num plano superior a orquestra (músicos e Verde Maio), para em plano figurado termos o ambiente de uma taberna, onde se cantaram canções tradicionais e o fado, com a participação do Rancho Folclórico de Arronches e do Coral “Vozes à Janela”. Uma segunda parte foi preenchida pela actuação dos jovens alunos da Escola de Música.

No final no salão do Centro Cultural os elementos da Escola de Música, directores, familiares e convidados, reuniram-se num jantar servido pelo Restaurante “O Caeiro”, acabando a noite novamente mas de forma mais reservada, a ouvir-se cantar o fado.







Nota - Oportunamente apresentaremos o vídeo com excertos deste espectáculo

Juntas de Freguesia celebraram com idosos a Quadra Natalícia

A quadra natalícia é pródiga por estas, como por outras paragens, a reunir em Festas de Natal, desde as Juntas de Freguesia, Município, associações ou instituições.
Em Arronches a Freguesia da Esperança foi a primeira a levar a efeito no Centro Cultural o habitual almoço de Natal em que reuniu 125 idosos e convidados. A Junta e o Município proporcionaram o transporte porque ao tratar-se de uma freguesia rural a população, em especial a mais idosa está dispersa.
O almoço foi servido pelo cozinheiro Jorge Carvalho e servido por um grupo de voluntários. A animação musical esteve a cargo do acordeonista Vitor Realinho. Ao longo do almoço marcaram presenças os vários autarcas, quer do Município como da Juntas.



Igualmente a Junta de Freguesia dos Mosteiros, reuniu os seus idosos no Centro Cultural para o almoço de natal, para o que dispôs dos mesmos meios de transporte. Também foram vários os autarcas que estiveram presentes neste almoço, quer da Câmara como das Juntas. Almoço que foi servido pelo restaurante A2 dos Mosteiros para um total de 60 pessoas, entre idosos e convidados.



No respeitante às Juntas de Freguesia a de Assunção reuniu 260 pessoas no multiusos “O Celeiro” entre pensionistas e reformados e os convidados, entre os quais autarcas, o Padre Fernando Farinha, o gerente de balcão da C.G.D., o casal Romão Tenório e representantes de colectividades e instituições. O almoço foi servido pelo Restaurante “Ricardo” e a animação musical decorreu a cargo do grupo Domingos & Dias Santos.






Centro Comunitário aumenta em 5% o vencimento dos funcionários

O Director do Centro distrital de Portalegre da Segurança Social, congratulou-se com a notícia recebida, por ocasião da sua visita ao Centro Comunitário Nossa Senhora do Espinheiro na Freguesia de Seda.
Foi na Festa de Natal desta Instituição, que há um ano atrás, João Carlos Laranjo, tinha lançado o repto à Comissão de Melhoramentos da Freguesia de Seda, no sentido de tentar valorizar ainda mais, o trabalho desenvolvido pelos seus colaboradores, uma valorização que poderia, por exemplo, passar por um aumento salarial.
Na Festa de Natal anual desta IPSS, a Direcção anunciou que vai aumentar os salários dos seus funcionários, já a partir de Janeiro, em cerca de 5%. Um esforço assinalável para uma instituição, que tal como todas as outras do nosso Distrito, vivem com orçamentos muito apertados.
João Carlos Laranjo, voltou a frisar que “a Economia Social emprega cerca de 4000 pessoas em todo o Distrito, sendo por isso, um segmento fundamental, para Freguesias onde chega a ser mesmo a única fonte de emprego. Há que valorizar o trabalho destas pessoas, já que, não é uma profissão fácil.”
Em tempos tão difíceis, como os que atravessamos, certamente que para os colaboradores desta instituição, este vai ser um Natal mais Feliz e o Ano de 2015 afigura-se mais próspero.

domingo, 14 de dezembro de 2014

Futebol Clube Mosteirense impõe goleada ao Fronteirense por 5- 1

O jogo a contar para a 10ª jornada do Campeonato Sénior da A.F.P, até começou com algum equilíbrio mas, quando logo aos 9’ André Camilo abriu o marcador a favor do Mosteirense, este começou a exercer uma certa pressão no meio campo sobre a equipa de Fronteira, quando esta tinha a bola. Contudo numa jogada fortuita com um remate à baliza que Branco respondeu como uma defesa, na recarga o Fronteirense conseguia chegar ao empate através de André Branco.
No entanto, o empate durou pouco tempo, pois o Mosteirense continuava a dominar o jogo com André Camilo a causar desequilíbrios na última linha do Fronteirense.
Foi precisamente aos 29’ que Filipe Branco colocou de novo o Mosteirense na frente do marcador, resultado com que chegaria ao intervalo.
Na segunda parte o domínio do Mosteirense foi claro e logo aos 3’ de livre, batido por Rosinha, a equipa da casa chegava aos 3-1. O Fronteirense tinha como estratégia colocar as bolas na frente, para aproveitar a velocidade dos seus dois jogadores que mantinha mais adiantados, mas o Mosteirense continuava com o domínio no meio campo e fechava-se bem atrás.
É também numa saída rápida para o ataque dos da casa, que é cometida falta dentro da área, que o árbitro Manuel Azeitona apitou e apontou para a marca dos onze metros. André Camilo bateu o penalti que deu o 4º golo, quando o cronómetro marcava os 32’ deste segundo tempo.
Tudo começava a apontar para uma goleada por parte da equipa de Jorge Moura, a primeira que o Mosteirense conseguia em casa… e assim aconteceu. Desta vez foi Fernando Toscano que apontaria o 5º golo com que fecharia o marcador aos 42’. O Fronteirense já nos minutos finais ainda chegou com um remate à baliza de Branco, que este respondeu com uma defesa com os punhos.
Com esta expressiva vitória o Mosteirense ascende ao terceiro lugar da tabela classificativa do Campeonato Sénior da Associação de Futebol de Portalegre.


Comemoração do 35º Aniversário da Associação dos Bombeiros Voluntários de Arronches


A Associação dos Bombeiros Voluntários de Arronches comemorou ontem, dia 13 de Dezembro, os seus 35 anos de existência. A data foi assinalada com a dignidade que a ocasião e os Soldados da Paz merecem, pelo apoio à população que ao longo destes anos tem sido servida por eles exemplarmente.

Pela manhã na Parada do Quartel foi hasteada a Bandeira com formatura, numa cerimónia simples, onde também foram impostas divisas a Bombeiros promovidos.

Na abertura da sessão solene que se iniciou pelas 11 horas, estiveram presentes a Presidente da Câmara Municipal de Arronches, a 2ª Comandante Operacional Distrital de Portalegre e o Presidente da Federação dos Bombeiros do Distrito de Portalegre e representante da Liga dos Bombeiros Portugueses.
O Comandante Nuno Costa, saudou os presentes agradecendo a sua presença, recordou todos os que o antecederam, referindo que não defende que o passado foi melhor do que o presente, como tal deseja que aqueles que vierem no futuro consigam fazer mais e melhor do que está a ser feito no presente: Estar sempre ao serviço dos arronchenses, do Distrito e do País.
O Presidente da Associação, Paulo Trindade na sua intervenção falou sobre os objectivos desta celebração, recordou todos os elencos directivos que ao longo destes anos passaram pela associação. Sobre a direcção a que preside, lembrou que o percurso no início foi mais facilitado pelas normas que então imperavam, sobretudo no transporte de doentes que era uma fonte de receita para que o futuro fosse encarado com optimismo. Depois deparam-se com as dificuldades conhecidas e que atingiram todas as associações. Recordou Paulo Trindade que as dificuldades financeiras e de meios pelas quais vêem passando, só tem sido possível transpor essas barreiras com a ajuda da Câmara Municipal de Arronches, das Juntas de Freguesia do Concelho, mas também da população, agricultores e empresários, com a sua solidariedade.
Nas outras intervenções destaque para o representante da Liga dos Bombeiros Portugueses, quando referiu o trabalho que foi feito em conjunto com outras entidades que, através do QREN, conseguiram canalizar para os bombeiros da região sete milhões de euros, e a esperança que tem (...) que no próximo Quadro Comunitário possam beneficiar de outras verbas importantes para a boa operacionalidade dos Bombeiros do Distrito.

A Presidente da Câmara Municipal de Arronches, Fermelinda Carvalho, referiu todo o apoio que o Município tem prestado à Associação quer financeiramente, como os serviços que são prestados através das oficinas da Câmara. Salientou ainda a edil que tudo o que se possa fazer pelos bombeiros é pouco. Recordando que, mesmos os que não são católicos, em momentos de aflição clamam por Deus, por isso não nos devemos lembrar só dos Bombeiros, quando deles necessitamos.

Seguiu-se a entrega de Medalhas aos elementos do Corpo Activo, Manuel Paulino, José Baptista, António Paulino e Nicolau Afonso. Depois foram entregues as medalhas de Serviços Distintos-Grau Ouro, à Dª Maria Constança Romão de Moura, Senhores Francisco Romão Tenório, Elias Martins e António José Calado Pinto.
Por fim, a Associação não quis esquecer os Presidentes de Câmara, que ao longo destes 35 anos foram pedra de toque para que os Bombeiros de Arronches desempenhassem a sua missão ao serviço das populações. A Medalha foi entregue à Câmara Municipal, com a qual foram agraciados a título póstumo Miguel Lagarto, na pessoa do seu neto Carlos Flores, Gil Romão e Fermelinda Carvalho.

Nas instalações do “Celeiro” houve um almoço de convívio, oferecido pela Junta de Freguesia de Assunção, onde no final se apagaram as velas e se cantou os parabéns por estes 35 anos de actividade em prol do próximo.
Durante a tarde teve lugar no auditório do Centro de Educação Ambiental um Seminário pelo Núcleo de Mergulho do Distrito de Portalegre, aberto à população, onde foram focados assuntos de grande interesse, seguindo-se um debate.
Já noite na Piscina Municipal foi a vez de envergar o fato de mergulho e todos os seus componentes para um baptismo igualmente aberto à população e uma outra fase apenas e só para os Bombeiros

Click nas imagens para ver em formato maior