A INFORMAÇÃO DO SEU CONCELHO

http://picasion.com/

quinta-feira, 5 de maio de 2016

Caiado “cresce” mas mantém toda a alma Alentejana

A marca Caiado, da Adega Mayor, “cresceu” e tem uma nova imagem, mais moderna, sóbria e elegante. A gama está mais afirmativa e actual, preservando a alma e o coração Alentejano que sempre a caracterizou, num vinho cheio de personalidade pensado para os vários momentos de convívio e partilha.
A nova imagem, já disponível em todo o mercado, mantém a alma e o traço tão originais da técnica que dá nome a esta marca e que ganha expressão máxima no símbolo circular presente em toda a sua comunicação. Explorando contrastes de cor e escala com a própria marca, este símbolo assume-se como elemento central e transversal desta identidade, conferindo ao mesmo tempo singularidade a cada peça e coerência ao seu conjunto. Da mesma forma, o novo lettering transmite um posicionamento mais contemporâneo, mas fiel ao espírito do Caiado, um vinho transversal, jovem e fresco.
Esta nova identidade visual está agora patente em toda a gama Caiado: Tinto, Branco e Rosé, na nova colheita de 2015. Vinhos pensados ao detalhe, onde a qualidade se reflecte desde a selecção e apanha manual da uva até à apresentação cuidada de todos os produtos.

Centro da Ciência do Café recebe conferência “Infecção e Doenças Infecciosas”

O Centro de Ciência do Café (CCC) recebe a 14 de maio a conferência “Infecções e Doenças Infecciosas” organizado por J.A. Melo Cristino, Emília Valadas, Thomas Hanscheid e Luís Caldeira, com o patrocínio científico da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa e com o apoio de Bristol-Meyers Squibb.
O ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, preside a sessão de abertura, conjuntamente com o comendador Rui Nabeiro, presidente do CCC e Ricardo Pinheiro, presidente do município de Campo Maior.
O programa conta com comunicações de vários especialistas nesta área da saúde. Os interessados em assistir podem inscrever-se através do e-mail idi2016@centrocienciacafe.com.

Caminhada "Maio Mês do Coração"

A Junta de Freguesia de Assunção/Arronches vai levar a efeito no próximo dia 22 de Maio, a habitual caminhada que celebra o mês de Maio, como o mês do coração.
As inscrições estão abertas entre os dias 9 e 18 do corrente, para mais uma edição da Caminhada/Convívio "Maio Mês do Coração". 
Estas inscrições, destinadas a residentes na área do Concelho, deverão ser feitas presencialmente, no horário de expediente dos serviços administrativos, sendo entregue a cada participante uma t-shirt alusiva ao evento.

terça-feira, 3 de maio de 2016

Bombeiros Voluntários de Arronches assinam protocolo com a AMB3 e passam a ser um ponto de recolha permanente de resíduos eléctricos e electrónicos.

Em 3 meses…3640 kg de resíduos eléctricos. Este foi o resultado final da campanha “Quartel Electrão” em que a AHBVA participou, em parceria com a AMB3, nos últimos três meses de 2015.



Agora os Bombeiros V. de Arronches são um ponto de recolha permanente de resíduos eléctricos e electrónicos e as expectativas é continuar com a média do peso alcançado anteriormente. Isto com a assinatura do protocolo com a AMB3, assinado hoje dia 3 de Maio, que contou com a presença da Presidente da Câmara Municipal de Arronches e os Presidentes das Juntas de Freguesia de Assunção e Mosteiros. 
Elsa Agante e Nuno Gomes, responsáveis pela divulgação da actividade da AMB3, tiveram a oportunidade de explicar e sensibilizar para a importância da recolha e posterior reciclagem destes resíduos. A AMB3 “é uma associação privada reunida pelos produtores”. Nesta associação “não há fins lucrativos”, isto porque “o dinheiro que as pessoas pagam nessa taxa ao adquirir um destes bens, essa verba é canalizada para a recolha dos resíduos, a sua separação e posterior envio para empresas portuguesas que se encarregam da sua reciclagem, havendo ainda dessa verba que pagar aos bombeiros em função dos quilos de material recolhido nos seus concelhos”, como disse ao N.A., Elsa Agante, responsável por este projecto do Quartel Electrão.
Ao depositar os resíduos no quartel dos Bombeiros Voluntários de Arronches, não só contribui para uma correta reciclagem dos resíduos, como também os seus bombeiros recebem uma compensação monetária.
Foi lançado o desafio, tanto ao Município como às Juntas de Freguesia para que também fossem elementos corporativos nesta causa, fazendo com que nos edifícios das Juntas de Freguesia, possam existir locais de armazenamento de pilhas, lâmpadas e pequenos acumuladores (pequenas baterias). Em breve serão disponibilizados nestes locais, embalagens próprias para o armazenamento deste tipo de resíduos. Assegurou-nos o Presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros V. de Arronches, João Crespo.
Um dos aspectos positivos deste protocolo, para além da componente financeira, é a prestação de um serviço à comunidade, que neste tipo de situação, muitas das vezes não sabe onde colocar os electrodomésticos em fim de vida, acabando muitos deles em locais inapropriados.
É nesta lógica que os Bombeiros irão prestar este contributo, em que as pessoas poderão contar com a recolha porta a porta dos resíduos de maior envergadura. Poderão fazê-lo telefonando a informar que tem resíduos eléctricos em casa e depois será agendada a recolha.
Contribua para um melhor ambiente e ajude os Bombeiros para que estes possam prestar um serviço melhor no nosso Concelho.



domingo, 1 de maio de 2016

Futebol Clube Mosteirense vence a Taça da Associação. À terceira foi de vez!

À terceira foi de vez. O Futebol Clube Mosteirense venceu esta tarde no Estádio Municipal de Portalegre a Taça da Associação de Futebol de Portalegre, num jogo em que a emoção reinou até ao último minuto da partida.

Uma primeira parte com um futebol não muito atractivo, em que as equipas disputaram palmo a palmo a bola, em que não houve possibilidades flagrantes de golo para qualquer das equipas.
O golo da vitória nos minutos finais do encontro
Na segunda parte o Mosteirense veio com atitude de campeão e podia ter saído de Portalegre com uma vitória folgada, e não com o sofrimento até ao apito final do árbitro Manuel Azeitona.
Filipe Pacau marcou para o Mosteirense logo no início do segundo tempo de cabeça. Nesta fase o Mosteirense podia ter resolvido a questão, só que Fernando Toscano teve uma tarde de grande azar na concretização. Dos seus pés poderiam ter surgido mais dois golos. Como quem não marca sofre, como se diz na gíria, foi a equipa de Gavião que igualou a partida com um golo de David.
Depois foi sofrer. Quando tudo já apontava para o prolongamento, o Mosteirense coloca uma bola nas costas da defesa dos Gavionenses e Hugo Ponteiro apontou como uma flecha para a baliza. Afinou a pontaria com a bola levar efeito e escapou das luvas do guardião dos Gavionenses, indo beijar a malha interior da baliza. Foi o delírio no campo e nas bancadas. O Mosteirense conseguia ao fim da terceira final levar o troféu para os Mosteiros, depois de se sagrar Campeão Distrital. Foi uma vitória sofrida frente a um adversário que esteve à altura desta final. Agora só falta no próximo domingo em Campo Maior, conseguir a mesma proeza e vencer a Super Taça, fazendo o triplete, frente ao mesmo adversário.
A claque do Mosteirense sempre a apoiar a equipa
Os dirigentes dos Gavionenses queixaram-se da arbitragem de Manuel Azeitona mas, sem razão, porque podiam ter sofrido uma derrota mais expressiva se o Mosteirense está em tarde de melhor finalização.
Antes do inicio do jogo houve um minuto de silêncio e a Associação prestou homenagem ao árbitro auxiliar Paulo Quintino que chega ao final da sua carreira.






















I Passeio Equestre da Primavera de Arronches, uma iniciativa para repetir

Para comemorar o 30º Aniversário da Associação Portuguesa de Atrelagem, teve lugar ontem, dia 30 de Abril, com concentração às 10h30 no Rossio (antigo Campo de Futebol) em Arronches, dos participantes do I Passeio Equestre da Primavera de Arronches.
A iniciativa da AP.A. contou com o apoio da Câmara Municipal de Arronches, cuja Presidente Fermelinda Carvalho, acompanhou o passeio na atrelagem de D. Madalena Abecassis, uma das grandes impulsionadoras da Atrelagem em Portugal. O itinerário que se iniciou no Rossio , passou pela Praça da República, onde junto à Igreja Matriz, teve lugar a bênção pelo Padre Fernando Farinha, dos animais participantes, sendo posteriormente depositadas umas coroas de flores junto às imagens de N.Srª. de Assunção, N. Srª. do Carmo e Stº Isidro, padroeiro dos agricultores.
O percurso teve uma paragem na Atalaia das Escarninhas, onde os participantes desfrutaram de uma aperitivo e da presença do Grupo das Pedrinhas de Arronches que animou com a sua música e cantares este passeio. Seguiu-se depois a Herdade do Baldio–Regolfo da Barragem do Caia, onde teve lugar um almoço (pic-nic) partilhado.
O número de participantes "sendo aceitável não foi o esperando", conforme nos disse o criador Pedro Sousa Vieira, por neste mesmo dia haver um evento (Feira de Jerez) que deslocou possíveis participantes. 
Há no entanto que repetir a experiência porque, a satisfação demonstrada pelos participantes, faz-nos crer que, num próximo passeio, haverá muito mais aderentes, mesmo do concelho de Arronches onde há alguns amantes do cavalo.




















Benjamins Sub/11 da Academia/Atlético de Arronches Campeões Distritais

O trabalho bem planificado e bem executado, quase sempre dá frutos, e a Academia de Futebol de Arronches/Atlético é o exemplo vivo desse trabalho.
Depois de várias chamadas dos jovens jogadores a treinos de observação do Sporting, Benfica e Braga, veio a conquista na época passada dos seus Infantis como Campeões da II Divisão Distrital.

Ontem, numa jornada de grandes emoções, os jovens Benjamins Sub/11 ao vencerem por um concludente 11-2 “Os Elvas” CAD, no Estádio Municipal “Francisco Palmeiro”, sagraram-se Campeões Distritais na sua categoria.
Isto vem provar que, mesmo num concelho pequeno do interior do Alentejo, pode-se conseguir feitos relevantes, mesmo com todas as condicionantes que um projecto deste acarreta.
Os arronchenses e em especial aqueles que acreditaram (directores, município, treinadores e os pais dos jovens) que era possível criar uma academia de futebol em Arronches, devem estar orgulhosos dos seus jovens atletas.